História das artes marciais PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Sex, 04 de Dezembro de 2009 19:42
REKISHI / História e Tradição
O nascimento das artes marciais e as possíveis origens do Ninpo

De acordo com a historiografia, as artes marciais têm sua origem entre os anos 4000 e 3000 a.C. As tradições mitológicas remetem-nos, pôr sua vez, os tempos ainda mais remotos da lendária civilização atlante. Do ponto de vista místico, no entanto, não existem divergências: As artes marciais são as artes do conflito permanente, e este só se dá quando o homem alcança a consciência de si próprio. Desde o primórdio dos tempos em que o homem primitivo buscava meios estratégicos para sobreviver, já existia literalmente, a arte do Ninpo. O Ninpo sempre foi baseado em princípios de sobrevivência humana, assim, podemos dizer que, a arte dos guerreiros das sombras, ou seja, o Ninpo vem a ser o estudo das vulnerabilidades humanas e formas para superar tais problemas sem afetar a harmonia natural do Universo. A estratégia operacional utilizada pelos antigos Ninjas buscava manter a supremacia e integridade corporal na execução das missões a que o guerreiro Ninja era designado, pois sua descoberta seria fatal na maioria das vezes, tanto pela negligência do não cumprimento da missão quanto por suicídio. O suicídio significava para ele a purificação do espírito. O Ninja na maioria das vezes executava as missões a que era designado sozinho ou em pequenos grupos de no máximo seis guerreiros, pois grande parte de suas missões centralizava-se na arte da espionagem, em coletar informações, o campo mais importante na movimentação de qualquer Exército na Guerra; pois jamais haverá em todo o Exército relação mais intima que as mantidas com espiões. Nenhuma outra relação deverá ser mais liberalmente recompensada. Em nenhuma outra deverá haver mais segredo. O antigo Ninja não podia ser empregado utilmente sem certo grau de sagacidade intuitiva. Antes de empregá-los, seus superiores deveriam ter a certeza de sua integridade de caráter e do tamanho de sua experiência e habilidade. Um rosto atrevido e uma disposição ladina é mais perigosa que montanhas e rios, é preciso ser gênios para penetrar em ambos, e os Ninja sem a menor sombra de dúvidas eram.

As origens marciais do Ninpo tiveram como matriarca a antiga China, em especial o Templo de Shaolin. Em certa época em que existiam os monges ortodoxos de Shaolin, existia também muito sofrimento entre o povo de médio e baixo nível social, sendo unicamente responsável, o governo Chinês, o mesmo humilhava e massacrava o povo injustamente de maneira cruel e impune; autos impostos e morte sumária para o não pagamento dos impostos, e qualquer motivo que viesse a desabonar os cofres públicos e a integridade do governo, contribuindo assim para o crescimento da miséria e da fome. Toda via, vendo tal situação, os monges de Shaolin vieram a se tornar guerreiros da noite, tanto que, seus trajes que antes eram de cores claras vieram a se tornar de cores escuras, possibilitando o deslocamento dos mesmos durante a noite, camuflando-se nas sombras da escuridão, onde exerciam atos de espionagem e sabotagem, visando descobrir e erradicar os planos governamentais contra o povo, tal acontecimento teve início durante a invasão Manchu, antes da caída da dinastia Ming e o início da dinastia Chin. tal evidência com relação a filosofia Shaolin e as cores dos uniformes é marcada até hoje pelas escolas de Kung-Fú que adotam em sua maioria uniformes negros. No final os Manchus vieram a descobrir os atos que eram cometidos pelos monges de Shaolin e veio então a ocorrer a invasão e destruição dos Templos Shaolin (norte e sul). Com isto muitos monges foram mortos, mas os que conseguiram escapar fugiram para outros países e levaram consigo seus conhecimentos marciais e filosóficos. Muitos chegaram até o arquipélago Japonês, e com medo de serem descobertos e perseguidos pela doutrina religiosa que seguiam, fugiram para as montanhas, mais propriamente na região de Iga e Koga, onde o acesso era de difícil descoberta e entrada. Nas montanhas japonesas, esta semente deu seus maiores frutos, sendo uma sociedade guerreira religiosa, viviam para os estudos esotéricos e práticas marciais, fortalecendo dia a dia suas fileiras combativas. Com o decorrer dos anos, os povoados ao redor ficaram sabendo da existência desta sociedade, contribuindo para quê novos adeptos viessem a surgir e estruturar ainda mais o inicio de uma poderosa arte marcial de guerra que seria conhecida no futuro como Ninpo. Porém o Japão antigo estava dividido em feudos que lutavam constantemente entre si para obterem o domínio total das terras. A ditadura militar da época era conhecida pelo nome de Shogunato, e com isto, a mesma articulava como queria tanto o povo quanto os Daymios, ou seja, os Senhores Feudais. Tal influência governamental do Shogunato veio também a intervir na filosofia e modo de vida dos antigos Samurais, cujo significado literal vem a ser, "Servir e Proteger". Os Samurais andavam livremente pelo povo, cultivando e levando o senso de justiça como padrões de suas vidas, eles eram como policiais, porém a influência do Shogunato fez com que os Samurais se voltassem contra o povo, a que deviam respeito e devoção; tal influência negativa, resultou de maneira que começaram a exercer seus poderes sociais de forma monstruosa e revoltante, onde muitas mortes foram cometidas injustamente pelo simples fato do não cumprimento das leis do Shogunato.
Neste ponto de extrema violência e injustiça, veio a aparecer os monges guerreiros das montanhas, conhecidos como Yamabushi, tais monges possuam no intimo, um sentido diferente de justiça, cujo código de honra estava relacionado com a liberdade por excelência do homem e da benevolência para com o Universo, este sentido é conhecido no Ninpo como Ninja Kono Kokoro; Constituindo-se em um grande perigo para o Império Shogunato e para a classe Samurai, pois para eles, os monges nada mais eram do que rebeldes sociais. O vocábulo Nin, utilizado no Ninpo, significa justamente isto; resistência, paciência, força interior, oculto e sombras; o problema para o Shogunato começou então neste ponto, a descoberta dos valores humanos pelo povo, por intermédio dos Yamabushi. Porém, estes mesmos monges vieram a receber apoio de muitos Daymios, que desejavam a unificação do Japão em uma só nação. Já nesta época, os Yamabushis possuíam grandes conhecimentos marciais, e, quando vieram a trabalhar para os Daymios ficaram conhecidos como Ninja, pois exerciam atos de espionagem, sabotagem e desmembramento das fileiras militares do Shogunato. Tal soberania técnica e operacional dos Ninjas teve forte apoio dos conhecimentos guerreiros dos Ronins e também dos Samurais, que por algum motivo vieram a subir as montanhas onde viviam os Yamabushi e tomaram-se membros efetivos da causa. Talvez pelo fato, de verem que realmente o Japão necessitava de uma unificação pacifica para o fortalecimento e reconstrução da nação, uma vez que, já começava a ocidentalização do arquipélago japonês.
Desde o ano de 593 d.C. têm-se referências de linhas de espionagem Ninja a serviço do Príncipe Shotôku Taishi, que em muito contribuiu para a popularidade do guerreiro Ninja como um ser humano capaz do impossível aos olhos humanos. Porém, tudo não passava de técnicas de ilusionismo operacional iniciada pelos Ninjas no governo do Príncipe Shotôku Taishi, baseando-se unicamente nas lendas populares e crendices religiosas, constituindo-se uma imagem de invulnerabilidade e soberania sobre humana. Todavia o auge do Ninpo veio a ocorrer durante o período Heian, de 795 à 1185, onde o Ninpo se estruturou como uma terrível arte de guerra onde não existia a palavra "derrota". Tudo em favor da unificação do Japão em uma grande e soberana nação. Contudo, durante o período Kamakura, de 1192 à 1333, o Ninpo viveu sua idade de ouro e de incontáveis vitórias em campo de batalha real, onde ainda se submetiam a ditadura militar de Shogun, todavia, muito mais enfraquecida em virtude da capacidade estratégica que o antigo guerreiro Ninja tinha de sabotar e desmembrar gradativamente as fileiras militares da ditadura Shogunato. O poder do Ninpo veio a molestar de forma desastrosa o General Oda Nobunaga, militar de grande prestígio, na ativa plena no ano de 1562, vindo a se tomar Shogun em 1568. Ele passou a perseguir todas as seitas Budistas para acabar com o poder religioso, vindo a destruir os templos Heizan e executar cruelmente todos os monges e seguidores budistas que os soldados de Nobunaga encontravam. Treze anos depois de se tomar Shogun, Oda Nobunaga conseguiu por intermédio de traidores da comunidade Ninja, descobrir a localidade da montanha Iga, localizada próxima a província de Édo, onde ocorreu a batalha chamada Teno Iga no Ran, sete dias de batalha resultou na quase aniquilação das escolas shinobi, os descendentes ninja daquela época mantiveram-se em segredo  cultivando sua arte e técnica apenas em família e no anonimato para evitarem perseguições, estes guerreiros influenciaram primordialmente os monges budistas chineses quando emigrarão para o Japão trazendo seus conhecimentos esotéricos e espirituais, originando através da evolução de pensamentos, idéias e novas culturas, as seitas Shingon e Shugendo; tal inovação religiosa se deu no século VI, onde se estruturou definitivamente após tanta influência vinda de toda a Ásia, a base religiosa e esotérica do antigo guerreiro Ninja.
 
Momochi Sandayu
 
Fora a familia Hattori, as familias Momochi e Fujibayashi são as familias de ninja mais conhecidas oriundas da província de Iga. De acordo com algumas fontes elas também vieram da familia Otomo Hososto e Otomo. É dito que a familia Momochi regia a parte sul de Iga, a Hattori a parte central e Fujibayashi Nagato a parte norte de Iga. Momochi Sandayu foi um dos mais conhecidos Yonin (líder) Ninja além de Hattori Hanzo.
Momochi Sandayu estava sob Tembunera (1542-1555) o soke (Grão-mestre, Líder da familia) da Momochi-ryu, Koto-ryu e Gyokko-ryu. Ele foi bem conhecido como um ninja habilidoso.
Para esconder sua identidade, ele não tinha nada menos que 3 casas diferentes, uma delas era a Ryugu Sanbonmatsu na provincia de Yamato que foi fundada pelo Daimyo (senhor feudal) Kitabatake Tomonori, as outras em Hojiro Yamato e Takiguchijo. Ele também tinha 3 familias diferentes as quais mantia ao mesmo tempo. O local em que ele mais viveu nos anos de 1570, parece ter sido Ryugu Sanbonmatsu, desde que ele era considerado ser um dos homens de liderança da vila.
Algumas fontes especulam que Momochi Sandayu e o terceiro mais famoso lider Ninja, Fujibayashi Nagato, eram a mesma pessoa. Isto seria confirmado na premissa de que quando Oda Nobunaga invadiu Iga em 1581, não havia evidência que ele estava ativo, mas que Momochi estava. Outra razão é que a família Momochi não está listada entre os 45 principais sistemas de Ninpo de Família.
Uma das casas de Momochi Sandayu em Takiguchijo perto de Iga-Ueno foi queimada na invasão de Iga por Oda Nobunaga, mas Momochi obteve exito em sua fuga com seus homens e fucou em Sanbonmatsu até a notícia do assassinato de Oda Nobunaga em 10 de Junho de 1582. Sandayu Momochi provavelmente não morreu muito tempo depois da invasão de Iga, sua sepultura foi encontrada nos anos 60 no velho campo familiar perto da vila de Nabari aos pés da montanha Oka-one, aproximadamente 24 Km de Iga-Ueno.         
Momochi Sandayu II herdou ambas Gyokko-ryu e Koto Ryu na era Tensho (1570-1592) de Momochi Sandayu. Quem se tornaria o próximo Soke na Momochi-ryu é desconhecido. Gyokko-ryu e Koto-ryu foram passadas para Momochi Tanba Yasumitsu na era Bunroku (1596-1615), ele também era conhecido como Tanba No Kaimi e mestre do castelo Ryugu. Momochi Taro Saemon que foi o mestre do castelo Ueno Shokudai na província de Iga, se tornou o Soke na era Genna (1615-1624). Depois disso os dois Ryus deixaram a família Momochi para seguir outros caminhos na provincia de Iga.
...Outras pessoas conhecidas na família Momochi foram Momochi Jindayu Yasumatsu, Momochi Sannojo e Momochi Chuzaburo Yasumasu entre outros. Seus metodos eram muito eficientes, entre outras coisas, provados por uma Kunoichi (Ninja Feminina) chamada Tanaka Sadako, a qual nunca foi descoberta enquanto trabalhava disfarçada.
Descendentes de Momochi Sandayu continuam vivendo em uma de suas casas, mas eles não têm mais nenhuma conexão com as tradições de Momochi Sandayu. Todas as armas e artigos remanescentes foram vendidos para museus e colecionadores a duas ou três gerações atrás.
 
Hattori Hanzo
 
Uma das maiores famílias Ninja de Iga foi sem dúvida a família Hattori. Eles vieram de Otomo Hosoto, um alto membro de uma das importantes famílias japonesas, e da China. A família Otomo estava a serviço da família real principalmente em função de seus conhecimentos de combate. Os filhos de Hattori foram permitidos mais tarde, de contruir suas próprias linhagens de família. De acordo com outras fontes foi Iga Heinazaemon No Jo Ienaga (o fundador da Kumogakure Ryu) que deu ao filho mais velho, Hattori Heitaro Koreyuki, o direito de usar o nome da família Kamihattori. O filho do meio, Hattori Heitaro Yasuyori, fundou o nome da família Nakahattori, e o mais novo o nome da família Shimohattori.
Cada família tinha seu próprio Mon (escudo), onde Kamihattori Mon era Yahazu Nihon (duas cabeças de flecha), Nakahattori foi Ichitomoe (um arco), e Shimohattori Mon foi Yaguruma (oito cabeças de flecha num anel). A condição de cada família ter seu próprio escudo aponta para o fato que eles tiveram a mesma classificação como um Samurai. De acordo com os livros de história moderna no Japão, Hattori Hanzo foi um Samurai de Iga. Quando Oda Nobunaga invadiu Iga, só 80 pessoas das três famílias Hattori sobreviveram. Eles fugiram para diferentes partes do Japão.
A família Kamihattori escapou para a vila de Nagaoka em Echigo. A família Shimohattori recebeu proteção da família Tokugawa em Mikawa ou da família Ochi na vila de Takatori na província de Yamato. Nakahattori fugiu para as montanhas Takano.
O mais famoso Ninja da história foi, sem sombra de dúvida, Hattori Hanzo Masashige (1541-1596). Ele foi filho de Hattori Nazo Yasunaga, que por meio de hereditariedade foi um vassalo da família Tokugawa, neste período Tokugawa era conhecido como Matsudaira. Eles vieram da linhagem da família Kamihattori, se eles vieram das famílias Heitaro ou Chigachi, não se sabe.
Hattori Hanzo foi praticamente criado com as artes marciais como sua principal ocupação de vida. Em 1557 quando Hattori Hanzo tinha dezesseis anos ele foi pela primeira vez em sua vida lutar no campo de batalha. Foi à noite, quando Tokugawa Ieyasu atacou Uzichigo em Migawa (castelo em Udo). Ele ganhou sua primeira recompensa em função de suas extraordinárias técnicas de combate no campo de batalha. Ele ganhou o apelido de "Hanzo o fantasma", e Tokugawa também reconheceram suas habilidades depois que ele participou da batalha de Anagawa em 1570, e da batalha de Mikata Ga Hara em 1572. Outro apelido que ele ganhou por causa de sua habilidade foi "Hanzo o demônio" (Oni no Hanzo).
A família Hattori não foi Watari Ninja (Ninjas que vendiam seus serviços pela maior oferta), eles eram fiéis para com Tokugawa. Quando Oda Nobunaga foi assassinado por Akechi Mitsuhide, Tokugawa estava em uma vila perto de Osaka e foi ameaçado pelas tropas de Akechi. Tokugawa então teve a assistência de Hattori Hanzo e Taro Shiro, um ninja de Koga. Juntos com 300 Ninjas eles ajudaram Tokugawa escapar de Okazakiro usando Goton Jutsu (técnicas de se esconder na natureza) e técnicas especiais de como avançar com segurança. Os muitos méritos de Hattori Hanzo deram a ele um grande reconhecimento e ele foi condecorado com o comando dos Samurais de Hassenshi. Hattori Hanzo morreu em batalha em 4 de Dezembro de 1596, quando ele tinha o comando de uma tropa que iria aterrorizar os Ninjas de Fuma Ryu em Kanagawa. Hanzo e sua tropa tinham seguido os Ninjas da Fuma Ryu no mar em barcos, mas os Ninjas da Fuma Ryu utilizaram técnicas aquáticas para destruir o leme em seus barcos. E quando Hanzo e seus homens pularam na água para nadar para a costa, os Ninjas de Fuma tinham enchido a água de óleo e botaram fogo nela. Todos eles morreram queimados. Hattori Hanzo foi sucedido por Hattori Iwami no Kami Masanari.
A população japonesa ainda canta sobre Hanzo em áreas em volta de Kawauchi, ele também foi conhecido como "O Guerreiro Lanceiro", um guerreiro muito forte. Não é muito que ele ao Ninjutsu; ele foi mais conhecido como um Bushi (um Samurai) de Iga.
Durante o comando de Tokugawa Iemitsu muitos Ninjas não gostam do jeito que eles eram desonrados e tratados. Então eles escolheram preparar uma revolta contra os descendentes de Hattori Hanzo, que continuavam a serviço do Shogun. A revolta foi conhecida como "o incidente no templo Sasa", a revolta foi vencida pelas tropas do Shogun e os líderes foram capturados e executados. A revolta foi o fim da grande era da família Hattori, eles perderam todo o seu status por causa de suas faltas em lidar com a situação.
Durante a grande era da família Hattori, antes da invasão do Oda Nobunaga, existiam muitos membros que foram bem sucedidos no clã da família Hattori Ryu. Alguns deles foram conhecidos como:

Hattori Gensuke - Hattori Magohei - Hattori Shichikuro - Hattori Denjiro
Hattori Maizo - Hattori Jinroku - Hattori Denemon - Hattori Shinkuro
Yamaoka Sobei - Yamaoka Suketaro - Yamaoka Ichinosuke - Yamaoka Jintaro
Yamaguchi Suketaro - Yamanaka Kakubei - Fukunokami Teisainyudo - Hanchi Hansuke - Iga Naruto - Akimoto Kassai - Yamanaurchi Keitaro - Sera Genroku - Otsuka Bansaku
 
Como conclusão do clã da família Hattori, pode-se mencionar que Ishitani Matsutaro Takakage teve um antepassado que era um Chunin no clã Ninja de Hattori Hanzo. Ishitani Matsutaro Takakage foi o Sensei de Takamatsu Tositsugu, e Takamatsu foi o Sensei de Masaaki Hatsumi, o 28º Soke na Kukishinden Ryu Happo Hikenjutsu. Ishitani morreu no lapso de Takamatsu no início do século XX, Takamatsu morreu em 1972. Hatsumi ainda está vivo como provavelmente você já sabe.

Koga Ryu
 
   Koga Ryu era um Clã Ninja de grande importância no Japão. Esta ryu consistia de 53 famílias, que provavelmente apareceram juntas no período TENKYO, entre os anos 938 e 946. Isso foi depois de Mochizuiki Saburo Kamei ter ganhado a guerra, contra Taira no Masakado, que ele recebeu um pedaço de terra a sudeste da província de Omo. A área chamada de Koga-Gun, mas Mochizuki trocou seu nome para Koga Oni no Kami Kameie. Foi seu filho Oni no Kami Iechika, um talento tanto militar como literário, que foi aclamado ter sido o fundador de Koga Ryu. É dito que ele estudou Genjutsu do monge Budista Tatsumaki Hoshi, que vivia na área.
A tradição continuou por sete gerações, ONI NO KAMI IENARI, IESADA, IENAGA, IEKIYO, IETOO, IEYOSHI e YOSHIYASU, até que se espalhou para outras famílias, MOCHIZUKI, UGAI, NAIKI e AKUTAGAWA. A essas cinco famílias principais, juntaram-se as tropas restantes dos reinos do norte e do sul da guerra de NAMBOKU (1335-1395). Com o auxílio do KOGA RYU, aumentaram-se para 53 famílias.
Alguns dos Ryus dentro do KOGA RYU eram:
Koga ryu; Shinpi ryu; Taira ryu; Isshu ryu; Byaku ryu; Kawachi Yon Tengu ryu; Taro ryu; Kuruya ryu; Tomo ryu; Tatara ryu; Sugawara ryu; Otomo ryu; Hiryu ryu; Fujiwara ryu; Sasaki ryu; Tachibana Hachi Tengu ryu.
Ao tempo que o Koga Ryu crescia, havia oito famílias (KOGA HACHI TENGU) que seriam as mais fortes, liderando os outros Ryus em KOGA. As oito famílias eram KOGA, MOCHIZUKI, UGAI, NAIKII, AKUTAGAWA, UENO, BAN E NAGANO. Mas mesmo grupos em KOGA tais como HIRYUGUMI, KAKURYUGUMI, TACHIBANA HACHITENGU GUMI E KAWACHI YON TENGU GUMI tinham mestres de NINPO de alta classe.
Durante o período HAKUTO (1441-1451), os lideres herdeiros eram KOGA SABURO, MOCHIZUKI GORO, UGAI RYUHOSHI, NAIIKI FUJIBE e AKUTAGAWA KAZUMA. E durante o período BUNMEI (1469-1487), eram KOGA SABURO II, MOCHIZUKI YAJIRO, UGAI CHIAKI, NAIIKI GOHEI e AKUTAGAWA TENPEI, que foi contratado pela família SASAKI, que eram os senhores feudais da região, para liderar suas tropas contra ASHIKAWA YOSHIZAWA.
Quase 100 anos depois, a família SASAKI novamente contratou os NINJAS. Desta vez eram NINJAS tanto das regiões de KOGA como de IGA, em 1570. Também contrataram SAMURAI de KOGA e o objetivo era destruir ODA NOBUNAGA. Os Samurais eram treinados intensivamente durante um curto período a fim de serem capazes de combater as estratégias desenvolvidas pelos JONIN. O exército de SASAKI repartiu-se em três divisões, a primeira sendo liderada por NINJA do MIKUMO-RYU, TAKANOSE-RYU, MIKUHARA-RYU e INUI-RYU. O exército seguinte era liderado pelas outras 53 famílias de KOGA e o terceiro, pelos samurais de SASAKI. Durante a batalha, MIKUMO IYO NO KAMI, que liderou um dos exércitos de SASAKI, subitamente mudou de lado e atacou o exército de SASAKI pelas costas, assim levando à derrota dos SASAKI, que mal conseguiram escapar.
Quando TOKUGAWA IEYASU lutava pelo poder no Japão, o castelo FUJIMA, nas proximidades de KYOTO foi ocupado. Tiveram de defenderem-se por si mesmos contra o exército a Oeste por tempo suficiente para que o exército de TOKUGAWA reagrupasse para o combate em SEKI GA HARA, no Leste. Também havia 400 anos NINJA do KOGA RYU que auxiliaram na defesa, alguns deles dentro do castelo e outros do lado de fora, aterrorizando o inimigo com diferentes tipos de ataques. Por volta de 100 deles foram mortos e, depois da vitória de TOKUGAWA, realizaram uma cerimônia, sendo mencionadas as mortes de MOCHIZUKI e ARAKAWA.
Umas das últimas vezes que os NINJAS de KOGA estiveram ativos foram durante uma batalha em SHIMABARA NO RAN, quando SAMURAIS cristãos rebelaram-se e ocuparam o castelo HARA na província de SHIMABARA, em KYUSHU. Dez NINJAS do KOGA RYU foram mandados por IZUMO KAMI NOBUTSUNA para levantarem informações para os SAMURAIS do SHOGUN, a fim de ser preparado um ataque ao castelo.
Eles foram liderados por MOCHIZUKE HEIDAYU, de 63 anos de idade, e AKUTAGAWA KIYOUEMON, de 60 anos, ambos veteranos da batalha em SEKIGAHARA. Os outros de KOGA foram:
IWANE KANBEI 56 anos - TOMEI GOHEI 53 anos - NATSUMI KAKUNOSUKE 41 anos.
AKUTAGAWA SHICHIROBEI 25 anos - KAMOGAI KANUEMON 56 anos - IWANI KANBEI 45 anos MOCHIZUKI YOEMON 33 anos - YAMANAKA JUTAYU 24 anos
Eles chegaram em 4 de janeiro de 1638, e seu primeiro trabalho foi fazer um mapa da área em torno do castelo. Apenas 15 dias depois, eles mandaram para o SHOGUN, TOKUGAWA IEMITSU, em EDO, um mapa detalhado sobre o castelo e as forças existentes.
Também é dito que os NINJAS de KOGA, ou os ONGYO NO MONO (pessoas escondidas), como também eram chamados, infiltravam-se no castelo todas as noites, sem nenhum problema. Em 21 de janeiro, eles roubaram alimentos do castelo, o que acabou dificultando a situação, pois os sitiados já estavam com poucos suprimentos. Também conseguiram algumas senhas secretas de passagem.
Em 27 de janeiro, cinco NINJAS de KOGA conseguiram entrar no castelo, vestidos como soldados. Eles eram MOCHIZUKI YOEMON, ARAKAWA SHICHIROBEI, NATSUMI KAKANOSUKE, YAMANAKA JUTAYU e OTOMO GOHEI. As tropas no exterior do castelo atiraram com seus rifles e o inimigo no interior do castelo automaticamente apagou todas as tochas de maneira a não atrair mais fogo sobre eles. E mais tarde, quando os guardas da noite começaram a relaxar, os NINJAS puderam tranqüilamente escalar os muros, protegidos pela escuridão.
ARAKAWA descuidou-se e caiu em um buraco, sendo auxiliado imediatamente por MOCHIZUKI. Entretanto, devido ao barulho, os guardas acederam novamente às tochas e os NINJAS foram descobertos. MOCHIZUKI E ARAKAWA correram diretos para cima da tropa, arrancando uma das bandeiras cristãs, e receberam tiros. Todos os cincos escaparam, mas MOCHIZUKE e ARAKAWA foram feridos.
Quando o castelo foi atacado em 24 de fevereiro, os NINJAS de KOGA serviram como oficiais de ligação entre as duas tropas. Como parênteses podem ser mencionados que MIYAMOTO MUSASHI (um dos mais famosos espadachins da História) foi um dos planejadores do SHOGUN. Ele foi atingido por uma por uma pedra atirada por uma mulher que estava nos muros do castelo. Ele teve de retirar-se, reclamando da perda de seu poder da juventude.
A Koga Ryu sobreviveu no meio do século XX devido a um homem, Fujita Seiko (1899 - 1966). Ele disse que era o 14º Soke da Koga Ryu, mas não existe prova alguma de que isto seja verdade. Ele liderou pequenas unidades especiais nas matas na segunda guerra mundial.
Existe um livro chamado "Ninpo No Gokui" (Os segredos do Ninjutu), escrto por Gingetsu, que aprendeu as técnicas e a história, por um longo por um longo período de tempo, de Tanemura Ihachiro, um jonin na Koga Ryu. As técnicas descritas nesse livro são muito similares as técnicas da Togakure Ryu de Iga.
Aqueles que afirmam serem "mestres" da Koga Ryu hoje devem ser considerados vigaristas e nada mais. Baseado no fato de que o movimento de corpo da Iga e Koga Ryu é muito similar, a "suposta Koga Ryu" que é ensinada hoje não tem muito de similar com a Togakure Ryu e os outros sistemas tradicionais de Iga e Koga.
Fujita Seiko foi o chamado último grande mestre da Koga Ryu. Ele morreu em um acidente de carro nos anos 60 (do século XX) junto com os seus três alunos mais graduados. Ele foi o grande mestre da Koga Ryu Jujutsu e 14º Soke da Sato Ryu Kempo. De qualquer forma tem havido algumas duvidas que foram lançadas sobre a autenticidade de Fujita, é dito que ele iria oferecer para ?? o makimono da familia e então retornar a cópia, mantendo o original consigo. Todos os livros de Fujita, incluindo aqueles de Atemi waza, jojutsu e hojojuts, parecem ser populares e ainda podem ser obtidos em algumas livrarias de Kanda. Abaixo uma lista de algumas pessoas que supostamente treinaram com Fujita:
•    Inoue Motokatsu (1918-1993). Inoue também estudou Kobudo com Tara Shinken e Karate com Konishi. Ele morreu a alguns anos atrás, sua ‘organização ou estilo é chamada de Yushinkai Karate. Inoue Sensei foi amplamente respeitado e liderou o Ryukyu Kobudo Hozon Shinkokai.
•    O filho bastardo. Seiko tinha um filho bastardo a quem ele ensinou Ninpo. Ele continua a ensinar Jujutsu, Tantojutsu e Ninpo. Ele está se escondendo por causa de seu envolvimento com a Yakuza. Se esta pessoa existe, será bem difícil de constatar. Uma estória como esta fica difícil dizer se é verdade ou não. Enquanto ele estiver se escondendo.
•    Nachimo. Soke Nachimo estudou com Fujita Seiko principalmente para e durante a segunda guerra mundial. Mestre Nachimo morreu de infarte sem passar o título de soke a ninguém em 1992. É tradicional na prática Koga mudar o nome da escola para o nome do novo Soke após a transmissão do título, o que torna rastrear a sua decendência muito difícil, e o fato de que a escola tradicionalmente treina menos que 9 alunos de uma vez reduzem drásticamente o número de pessoas que são praticantes. Ryan Taylor estudou com Nachimo e atualmente administra uma das escolas de Nachimo-Ryu Koga Ninpo.
Escolas de Ninjutsu & Ninpo Tradicionais
   Na idade média japonesa havia mais de 70 estilos (ryu) de ninjutsu sendo praticados. Muitos foram esquecidos e os Maki-Mono (relatórios sagrados) foram perdidos ou destruídos. Togakure-ryu Ninjutsu, Gyokushin-ryu Ninpo e Kumogakure-ryu Ninpo, são os mais conhecidos estilos tradicionais ensinados hoje em dia. Outras escolas serão encontradas em museus. Togakure-ryu é o estilo mais famoso de ninjutsu. Para aqueles que buscam o autêntico ninjutsu, relatamos aqui o nome das escolas de ninjutsu autênticas, antigas e as praticadas ainda hoje.
 
Estilos de Iga Ryu Ninjutsu:
 
  1. Abe Ryu
  2. Arima Ryu
  3. Fujiwara Ryu
  4. Fukii Ryu
  5. Hanbe Ryu
  6. Hata Ryu
  7. Hattori Ryu
  8. Hisahara Ryu
  9. Ibuki Ryu
  10. Iga Ryu
  11. Iida Ryu
  12. Ise Ryu
  13. Ishitani Ryu
  14. Izumo Ryu
  15. Kanbe Ryu
  16. Kaneko Ryu
  17. Kashiwabara Ryu
  18. Kataoka Ryu
  19. Kimata Ryu
  20. Kimura Ryu
  21. Kotani Ryu
  22. Kuriyama Ryu
  23. Kazama Ryu
  24. Minamoto Ryu
  25. Mizuhari Ryu
  26. Momochi Ryu
  27. Mori Ryu
  28. Narita Ryu
  29. Oda Ryu
  30. Ohkuni Ryu
  31. Ooyama Ryu
  32. Otsuka Ryu
  33. Sakagami Ryu
  34. Sawada Ryu
  35. Shima Ryu
  36. Shindo Ryu
  37. Sugino Ryu
  38. Suzuki Ryu
  39. Taira Ryu
  40. Toda Ryu
  41. Togakure Ryu
  42. Toyata Ryu
  43. Tozawa Ryu
  44. Tsutsumi Ryu
  45. Ueno Ryu
 
Estilos de Koga Ryu Ninjutsu (escolas extintas)
 
  1. Byaku Ryu
  2. Fujiwara Ryu
  3. Hiryu Ryu
  4. Isshu Ryu
  5. Kawachi Yon Tengu Ryu
  6. Koga Ryu
  7. Kuruya Ryu
  8. Otomo Ryu
  9. Sasaki Ryu
  10. Shinpi Ryu
  11. Sugawara Ryu
  12. Tachibana Hachi Tengu Ryu
  13. Taira Ryu
  14. Taro Ryu
  15. Tatara Ryu
  16. Tomo Ryu
 
 


Fornecido por Joomla!. Designed by: joomla templates web hosting Valid XHTML and CSS.